É normal sentir ansiedade ocasionalmente – por exemplo, quando nos deparamos com uma reunião importante, um chefe estressado ou um conflito com um colega. Sentir-se ansioso pode torná-lo mais vigilante, engajado e produtivo, mas também pode produzir pensamentos negativos. Para recuperar o controle do seu monólogo interno, existem algumas estratégias que você pode tentar. Primeiro, tome nota de qualquer sinal físico: estômago agitado, palmas das mãos suadas ou narinas dilatadas. Ao experimentar esses sistemas, desvie sua atenção da causa. Uma técnica é tentar resolver um problema de matemática difícil em sua cabeça. Em seguida, identifique a “armadilha do pensamento” em que você está caindo. Você está catastrofando (ou seja, imaginando o pior resultado possível)? Tentando ler mentes (ou seja, imaginar o que os outros possam pensar?) Ou pensando em preto e branco (ou seja, considerar apenas dois resultados possíveis)? Dar nome ao problema converte essa ameaça em algo concreto e ajuda você a recuperar o poder ao perceber que já passou por algo parecido antes – e sobreviveu. Depois, separe suas incertezas dos fatos. Considere quais histórias você está contando a si mesmo sobre a situação e se há outros ângulos a serem considerados. Por fim, pense no que você diria a outra pessoa se ela enfrentasse o mesmo cenário e siga seu próprio conselho. Essas estratégias ajudarão você a passar da autocrítica à autocompaixão, proporcionando mais energia para se concentrar no que é importante.

Fonte: https://hbrbr.uol.com.br/dicas/estrategias-para-quando-voce-estiver-ansioso/

Compartilhe em suas Redes Sociais