E X O E S Q U E L E T O ! Depois de um acidente de carro em 2005 lhe causar graves lesões na medula espinhal, Adam Gorlitsky ficou paralisado da cintura para baixo.
No entanto, apenas algumas semanas atrás, Gorlitsky completou a Maratona de Charleston em 33 horas, 50 minutos e 23 segundos, reivindicando um novo recorde mundial de seu tempo ao terminar uma maratona em uma roupa de exoesqueleto.
Usando o Exoesqueleto Robótico ReWalk, Gorlitsky treinou a sério por cerca de um ano, tendo também tentado a Maratona de Los Angeles em março passado.
O primeiro exoesqueleto aprovado pela FDA para reabilitação e uso pessoal nos EUA, a tecnologia vestível da ReWalk fornece movimento de quadril e joelho, e pode até permitir que os usuários subam e desçam escadas. Gorlitsky está agora em uma “excursão de um milhão de passos”, planejando dar um milhão de passos em corridas nos Estados Unidos.
A conquista de Gorlitsky mostra a poderosa combinação de resiliência humana e tecnologias facilitadoras. À medida que a robótica exoesqueleto vestível e as interfaces cérebro-máquina continuam avançando, testemunharemos cada vez mais casos de uso notáveis em reabilitação e mobilidade aprimorada.

Compartilhe em suas Redes Sociais