A aplicação de novas tecnologias em soluções disruptivas com foco na saúde populacional tem crescido exponencialmente. Uma das maiores provas é o destaque que essas novidades têm recebido durante a Consumer Electronics Show (CES), a maior feira de tecnologia do mundo.

Novos aparelhos celulares, TV e “automóveis” que voam ainda são as maiores estrelas do evento, mas mesmo estes equipamentos têm sido apresentados com uma quantidade crescente de recursos relacionados à qualidade de vida e bem-estar. Além disso, o total de expositores de soluções de saúde cresceu quase 25% na comparação entre a edição 2020 e a de 2019.

Um exemplo que deve chegar ao mercado consumidor rapidamente é a nova escova de dentes da Procter & Gamble, que promete usar machine learning e inteligência artificial para ajudar o usuário a melhorar seu processo de escovação, prevenindo o surgimento de cáries e outros problemas de saúde bucal. O que pode ajudar bastante o brasileiro, já que o País conta com Índice de Dentes Cariados, Perdidos ou Obturados (CPO-D) bastante superior ao considerado ideal pela Organização Mundial de Saúde (OMS) – como já comentamos

Na frente de wearables também há inovações interessantes. Além das novidades em relógios e óculos, desenvolvedores estão trabalhando em roupas inteligentes. A Xenoma, por exemplo, conta com um pijama capaz de analisar padrões de sono e prever quedas, entre outras funções. A empresa também tem uma camiseta que monitora sinais vitais e movimentos para alertar motoristas distraídos ou com risco de dormir ao volante, evitando acidentes de trânsito.

Para saber um pouco mais sobre o evento e conhecer outras soluções, recomendamos a leitura da reportagem “A tecnologia a serviço da saúde e do bem-estar é um dos principais destaques do CES 2020”, da Época Negócios. 

Fonte: http://iess.org.br/?p=blog&id=1070

 

Compartilhe em suas Redes Sociais