Aquela Conversa

“Aquela Conversa” é uma série de TV, produzida em 2016/2017 pela MultiRio, empresa de mídia educativa da Prefeitura do Rio, com apoio da SMS-RJ. Os programas visam promover a reflexão crítica sobre saúde e qualidade de vida bem como disseminar boas práticas.  Têm como referenciais os ODS, os planos e políticas do Ministério da Saúde, as recomendações da Comissão Nacional de Determinantes Sociais da Saúde. São 40 programas de 15 minutos, veiculados na NET, canal 26 e em canais parceiros como Canal Saúde e CineTV Brasil.

Direção: Pierre Meireles

Consultora de conteúdo, curadora e moderadora: Viviane Manso Castello Branco, pediatra, hebiatra, Mestre em Saúde Coletiva e professora

Os programas estão disponíveis em:https://www.youtube.com/watch?v=RzCDXbliLjI&list=PLQBoF3MthjPJq63Y_DGXjsIP7zfQxX-77

 

Desmedicalização da infância

Causas e consequências da medicalização da vida e da infância; o uso inadequado e exagerado de diagnósticos, tratamentos e medicamentos; estratégias não medicamentosas de prevenção e abordagem de problemas; a importância do respeito aos diferentes modos de viver; o papel da poesia na escola.

Convidadas: Helena Rego Monteiro, doutora em Psicologia; Mariana Nogueira Pande, psicóloga e doutora em Saúde Pública; Camilla Oliveira, psicóloga do Proinape (5ª CRE). 

Vulnerabilidades e potencialidades

A potencialidade da escola e da Atenção Primária em Saúde no enfrentamento das situações de vulnerabilidade social na infância e na adolescência; a importância do trabalho colaborativo entre as diferentes políticas públicas; adolescentes cumprindo medidas socioeducativas; o trabalho com as famílias. 

Convidadas: Ana Maria Lambert,  assessora de Infância e Adolescência da Superintendência de Saúde Mental da SMS-Rio; Gisele Martins, assistente social e gestora de campo do projeto Aluno Presente; Kátia Rios, professora e coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Apoio às Unidades Escolares da SME-Rio. Diretor: Pierre Meireles.

Comunicação não violenta

Princípios da comunicação não violenta que favorecem a conexão e o encontro: escuta, diálogo e redes de apoio. A importância de ouvir as vozes marginalizadas. 

Convidados: Dominic Barter, professor e consultor em comunicação não violenta; Livia de Souza Vidal, pedagoga do Degase e membro do coletivo Mulheres de Pedra; Luiza Machado Toschi, jornalista e facilitadora de grupos. 

Aleitamento materno

Vantagens do aleitamento materno; amamentação como aprendizado; a necessidade de uma rede de apoio para a mulher e sua família; fatores que facilitam a amamentação; o papel da escola e da unidade de saúde. 

Convidados: Walquiria Couto, enfermeira de saúde da família da SMS-Rio; Marcus Renato de Carvalho, pediatra e professor da UFRJ; Rosane Rito, professora de nutrição da UFF.  

IST / Aids

A mudança de nome de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) para ISTs (infecções sexualmente transmissíveis); a importância da prevenção, das estratégias continuadas, da participação social e da articulação entre os diferentes setores; o papel da família e da escola; os serviços disponíveis nas unidades de saúde. 

Convidados: Luciane Oscar, enfermeira, coordenadora de IST/AIDS da SMS-Rio; Kátia Maria Braga Edmundo, diretora executiva do Centro de Promoção de Saúde (Cedaps); Roberto Pereira, psicólogo e coordenador do Centro de Educação Sexual – CEDUS. 

Bullying e cyberbullying

Definição e fatores de risco para bullying e cyberbullying; o papel da escola e da família na prevenção e na abordagem das situações; a necessidade de envolvimento de toda a comunidade escolar; a importância de um ambiente que propicie a fala.

Convidados: Wagner Pinheiro, professor da SME-RJ; Taís Baía, psicóloga do NIAP/SME-RJ; Maria Tereza Maldonado psicóloga.

Parir e Nascer

O parto humanizado; as diferenças no parto do século XX e do século XXI; as mudanças na formação profissional e na abordagem do parto; protagonismo da mulher, do pai, da família e do bebê.

Convidados: Wallace Mendes, médico obstetra e diretor da maternidade Maria Amélia Buarque de Holanda – SMS-Rio; Leila Gomes de Azevedo, enfermeira obstétrica e diretora da Casa de Parto David Capistrano Filho – SMS-Rio; Laura Uplinger, educadora perinatal da Associação Nacional para Educação Pré-Natal.

Cidade Amiga da Criança

Uma cidade amiga das crianças é uma cidade “que sonha criança”, que possibilita sua sobrevivência, seu desenvolvimento saudável e a expressão dos seus potenciais, e oferece espaços de convivência com segurança e participação. Um lugar no qual ela é cuidada por todos e seus direitos são priorizados no orçamento e efetivados.

Convidados: Luciana Phebo, coordenadora do escritório do Unicef do Rio de Janeiro; Claudius Ceccon, diretor do Centro de Criação de Imagem Popular; Lucia de Fátima Cabral, assistente social, presidente do Educap.

Saúde do Adolescente

A importância de ouvir os jovens, de entender seus desejos e necessidades, de apoiar a construção da sua autonomia e de valorizar seu protagonismo; estratégias de captação e adesão dos adolescentes aos serviços de saúde; a caderneta do adolescente. Convidados: Matheus Oliveira Simões, dinamizador do projeto  RAP da Saúde (Rede de Adolescentes e Jovens Promotores da Saúde); Daniella Santini Lemos, pediatra e professora da UniRio; Fernanda Graneiro, assistente social do NESA/Uerj.

O adolescente e o cigarro

As estratégias da indústria para incentivar o uso do cigarro pelos adolescentes; a importância das leis e da mobilização social; as influências da mídia, dos grupos sociais e da família; as possibilidades de prevenção e apoio.

Convidados: Cristina Cantarino, pneumologista do INCA; Maurício Pontes, dinamizador do RAP da Saúde/SMS-Rio; Paula Johns, diretora da ACT Promoção da Saúde.

Escola promotora de paz

A importância de ouvir os alunos e oferecer apoio aos professores; estratégias de prevenção das violências e de promoção do desenvolvimento saudável; as relações escola-família e escola-comunidade.

Convidados: Patrícia Gomes, diretora da E.M. Haydéa Vianna Fiúza de Castro/SME-RJ; Paula Ribeiro, psicanalista do Núcleo de Atenção à Violência (NAV); Edson Diniz, diretor da ONG Redes da Maré.

Envelhecer bem

A importância dos vínculos afetivos e dos hábitos saudáveis; a sexualidade dos idosos; integração geracional.

Convidadas: Cristina Amendoeira, médica e psicanalista, professora da UFRJ e membro da SBPRJ; Germana Périssé, médica geriatra da SMS-Rio; Luiza Machado, assistente social e gerontóloga.

Saúde da Família

A família como centro de atenção das ações de saúde; a equipe multiprofissional; a importância dos agentes comunitários de saúde e das parcerias com referências e instituições locais. Convidados: Guilherme Wagner, Superintendente de Atenção Primária da SMS-Rio; Sonia Regina, conselheira distrital de saúde; Vanessa Barcellos, agente comunitária de saúde da SMS-Rio.

Uso e abuso de álcool

Os efeitos do álcool no cérebro dos adolescentes; fatores de risco e proteção; a importância da família e da escola; o papel das Clínicas da Família e dos CAPSad.

Convidados: Rogerio Ferreira, diretor do CAPSad III Antônio Carlos Mussum/SMS-RJ; Claudia de Paula, diretora do CAPSad III Paulo da Portela/SMS-RJ; Juliana Copetti, psiquiatra.

Música, saúde e potência

Música como ferramenta para a promoção e a recuperação da saúde; música na escola; música como facilitadora da expressão das emoções.

Convidados: Marly Chagas Oliveira Pinto, musico terapeuta e vice-presidente da Associação de Musicoterapia do RJ; Marcelo Pfeil, músico e professor de música do Ginásio Carioca Prof. Carneiro Felipe/SME-Rio; Nathalia Massi, psicóloga e facilitadora de Biodança.

Comunicação e saúde

Resumo: Princípios e desafios da comunicação em saúde nos dias atuais; a importância do diagnóstico, do planejamento participativo, da escuta empática e da construção conjunta. Convidados: Nádia Rebouças, consultora de Comunicação para a Transformação; Inesita Soares Araujo, professora do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde da Fiocruz; Eduardo Alves, sociólogo e diretor da Escola Popular de Comunicação Crítica (ESPOCC) do Observatório de Favelas.

 Mulher Sujeito

Mulheres como sujeitos de direitos, donas de seus corpos e de suas escolhas; violência contra a mulher; mulheres negras; homens como parceiros na equidade de gênero.

Convidados: Ludmila Fontenele, professora da Escola de Serviço Social da UFRJ; Tainá Almeida, tradutora, Coletivo Meninas Black Power; Marcos Nascimento, psicólogo e pesquisador do IFF.

Brincadeira, saúde e alegria

A importância do brincar para crianças e adultos. O palhaço e a brinquedoteca no hospital. O protagonismo da criança. Brincadeira como estratégia de resgate da memória e valorização da história das comunidades.

Convidados: Cléo Lima, palhaça e psicopedagoga da SMS-Rio; Cristiana Brasil, palhaça e musicoterapeuta do CAPSad Miriam Makeba; Antônio Carlos Firmino, geógrafo e articulador cultural do Centro Lúdico da Rocinha.

Pré-natal do Homem

O pré-natal do parceiro e seu impacto no homem, na relação com a companheira, na prevenção da sífilis congênita, no trabalho de parto, no exercício da paternidade e na divisão do trabalho doméstico. Estratégias para a qualificação do pré-natal. Grupos de responsáveis protagonizados pelos homens.

Convidados: Eduardo Chakora, psicólogo e pesquisador em masculinidade; Téo Cordeiro, coordenador do Grupo de Papais da Casa de Parto David Capistrano/ SMS-Rio; Melanie Maia, médica de família e comunidade da SMS-Rio.

Enfrentando o Aedes

A importância do envolvimento de todos na eliminação dos potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti. Os determinantes socioambientais envolvidos no controle das Arboviroses: saneamento, abastecimento de água, coleta de lixo, pobreza etc. A necessidade da ação integrada entre os diferentes atores: poder público, comunidade científica, sociedade em geral. Arboviroses: Dengue, Zika e Chikungunya.

Convidados: Cristina Lemos, Superintendente de Vigilância em Saúde da SMS-Rio; Michael Gomes Correia, jovem líder comunitário do Morro dos Prazeres; e Guilherme Franco Netto, especialista em Saúde, Ambiente e Sustentabilidade da Presidência da Fiocruz.

Espiritualidade e saúde

O impacto da espiritualidade na saúde e na qualidade de vida; espiritualidade e religiosidade; espiritualidade laica; a importância do preparo do profissional de saúde para a abordagem da espiritualidade na consulta e na sua própria vida; o respeito à diversidade religiosa.

Convidados: Anderson Nunes, psicólogo do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho/UFRJ; Michel Robin, terapeuta comunitário, ator e dançarino; e Alcio Braz, psiquiatra e monge budista.

Práticas educativas promotoras de saúde

Promoção de saúde como construção crítica de cidadania e responsabilidade de todos os setores; educação popular, teatro do oprimido e outras técnicas participativas; a importância do diálogo e de vivências que permitam a expressão de sentimentos e trabalhem aspectos mais sutis.

Convidados: Dilma Cupti de Medeiros, professora, psicóloga e coordenadora do Programa de Saúde na Escola/SMS-Rio; Geo Brito, sociólogo e ator do colegiado do Centro de Teatro do Oprimido e Júlio Wong Um, médico e professor da UFF.

Meninas empoderadas

A importância do empoderamento das meninas para favorecer o pleno desenvolvimento de seus potenciais; as limitações impostas pela nossa sociedade; a vulnerabilidade das meninas negras; o papel da escola e dos serviços de saúde.

Convidados: Lia Peixinho, dinamizadora do RAP da Saúde/SMS-RJ; Jaciana Melquiades, historiadora do coletivo Meninas Black Power; e Lisyanne Pereira Ribeiro, educadora do Programa Jovens Urbanos/CIEDS.

 

 

Diversidade e saúde

Ser um bom profissional é ter um olhar para a diversidade, é garantir direitos; a diversidade como potência; a dificuldade em lidar com o diferente; a importância da escuta, da convivência e do encontro.

Convidados: Lívia Rodrigues, psicóloga da SMS-RJ; José Marmo Silva, odontólogo e coordenador da Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde;  Lilia Martins, coordenadora de Desenvolvimento Humano do Centro de Vida Independente/CVI-Rio.

Receite uma história

A leitura e a contação de histórias como alguns dos principais estímulos para o desenvolvimento de habilidades como raciocinar, se expressar, falar, conviver. A contação em uma unidade de saúde. Rituais da leitura: aconchego, ludicidade, escolhas e fortalecimento de vínculos entre pais e filhos.

Convidadas: Clarisse Lopes, fonoaudióloga do Centro Municipal de Saúde Américo Veloso; Cristina Porto, pesquisadora do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância; e Nazareth Salutto, professora do curso de especialização em Educação Infantil/PUC-Rio.

Internet e saúde

O impacto das redes sociais na saúde; opinião x informação; potencialidades e riscos do uso da internet (bullying, isolamento, dependência, acesso a conteúdos impróprios); vulnerabilidade de crianças e adolescentes; fatores de proteção (limites pactuados na família, autor regulação e autoestima); a importância de pautar o tema na família e na escola.

Convidados: Bel Levy, jornalista; Felipe Fortes, médico hebiatra/NESA e Nepad/UERJ e Tatiana Paranaguá, psicóloga e professora de Psicologia da PUC-RJ.

Mobilidade urbana

A importância da participação ativa da sociedade e dos diferentes setores no planejamento da cidade e da mobilidade; a necessidade de diálogo entre os diferentes atores (pedestres, ciclistas, motociclistas, motoristas, etc.) que compartilham o espaço da cidade; a ética do cuidado no trânsito: o mais forte deve cuidar do mais fraco.

Convidados: Mauro Cezar Freitas Ferreira, diretor do Centro de Educação para o Trânsito/CET-Rio; Christian Costa, coordenador de linhas da Auto Viação 1001 e membro do projeto Diálogo Jovem sobre Mobilidade e Clarisse Cunha Linke, diretora executiva do Instituto de Políticas de Transporte & Desenvolvimento/IPTD.

Protagonismo juvenil

A participação dos jovens no planejamento e desenvolvimento das ações como recurso para a promoção da saúde e a qualificação das práticas educativas. Protagonismo juvenil e seu impacto nos jovens, na escola, nos serviços de saúde, na família e na comunidade.

Convidados: Vítor da Silva Cândido, estudante de Direito; Lucas Pablo Oliveira, estudante de Comunicação; Roberta Sales, assistente social; e MC Xandy, estudante de Pedagogia.

Primeira Infância Saudável

A primeira infância como prioridade para as políticas públicas e “momento ouro” para o desenvolvimento de habilidades para a vida e a saúde; a importância do brincar, da escuta empática das crianças, do empoderamento das famílias e da formação dos educadores; os ambientes facilitadores.

É possível crescer sem violência; o valor da palavra que traz cuidado e fortalece vínculos; a importância de todos os membros da família, incluindo crianças e adolescentes, serem reconhecidos como sujeitos de direitos, com voz e vez; a relevância do trabalho em rede e dos espaços de escuta para os profissionais.

Convidadas: Maria Isabel Abelson, consultora de Primeira Infância e Proteção/Unicef; Maria Lúcia Lara, especialista em Educação Infantil e representante da RNPI; e Marisa Maia, psicanalista e professora da Maternidade Escola/UFRJ.

Crescer sem violência

É possível crescer sem violência; o valor da palavra que traz cuidado e fortalece vínculos; a importância de todos os membros da família, incluindo crianças e adolescentes, serem reconhecidos como sujeitos de direitos, com voz e vez; a relevância do trabalho em rede e dos espaços de escuta para os profissionais.

Convidadas: Monica Alegre, pediatra e terapeuta de família, coordenadora do Adolescentro Paulo Freire/SMS-RJ; Ana Paula Rodrigues, coordenadora de Redes e Incidência Política na Fundação Xuxa Meneghel; e Kelly Campos, coordenadora do projeto Lugar de Palavra no Morro no Núcleo de Atenção à Violência-NAV.

Quem cuida da mãe?

 

Os cuidados com a mulher desde o pré-natal influenciam a forma como ela vivencia a maternidade.  A escolha do tipo de parto e sua repercussão no empoderamento da mulher. A importância da rede de apoio para a mãe, sobretudo no puerpério.

 

Convidadas- Maria Luiza de Carvalho, psicóloga e professora do curso de Terapia Ocupacional da UFRJ; Edymara Medina, enfermeira obstétrica e docente da Faculdade de Enfermagem da Uerj e Cynthia Ozon, terapeuta de família e pesquisadora do CIESPI/PCU-Rio.

 

Criança e natureza

 

Nós somos natureza; a importância do contato com os demais elementos da natureza para o desenvolvimento físico, mental, espiritual e social da criança; os riscos do afastamento da natureza e seu impacto negativo na saúde.

Convidados: Daniel Becker, pediatra e professor da UFRJ, Bernard Carvalho, arte-educador do Instituto Tear; e Aline Lima, professora e mãe de escoteiro. 

Respiração, meditação e autoconhecimento

 

Técnicas de  respiração e meditação são poderosas ferramentas para o autoconhecimento e  o autocuidado. Promovem bem estar, contribuindo para a saúde física e mental. Respiração como substituto ao “baseado”.

 

Convidados: Rogéria Guida, fonoaudióloga e professora de oratória, Maurício Salem, professor de ioga e psicomotricista, e Cláudia do Amarante, voluntária do programa Arte de Viver.

 

Corpo em movimento

 

A relevância do movimento para uma vida integrada e saudável. Estratégias para incorporar mais atividades físicas no dia a dia, que respeitem as singularidades/individualidades e valorizem o prazer. Esporte para o desenvolvimento

 

Convidados: Carmem Marins, professora de Educação Física do Programa Academia Carioca/SMS-RJ ; Victor Ladeira, diretor do Instituto Bola pra Frente, Lucilia Rugani, facilitadora de Biodanza.

 

Avós e netos promotores de saúde

 

O amor entre avós e netos é muito especial. O programa aborda os benefícios desse relacionamento e os cuidados para que essa troca afetiva seja promotora de saúde e não de conflito. Avós precisam de oportunidades de aprendizagem e intercâmbio de experiências.

 

Convidados: Stephanie Sapin-lignieres, monitora perinatal;  José Inácio Parente,  psicanalista e Rosely Lerner,  psicanalista.

 

Comida de verdade

 

Discute as orientações do Guia Alimentar da População Brasileira (Min Saúde 2014) que contribuem para a alimentação saudável como a utilização de alimentos in natura ou minimamente processados;  a importância do desenvolvimento de habilidades culinárias;  o planejamento das refeições. 

 

Convidadas: Jorginete Damião, professora do Instituto de Nutrição da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Juliana Dias, jornalista e pesquisadora nas áreas de comunicação, alimentação e cultura, Irma Maria Ferreira, agricultora na Feira Agroecológica de Campo Grande.

 

Meu ambiente

 

Projeto de mapeamento digital liderado por adolescentes como ferramenta de mobilização social, empoderamento e promoção da saúde. Discute as mudanças na escola e na comunidade, sobretudo com relação ao descarte e reciclagem do lixo. O impacto na autoestima, nas relações interpessoais, na qualidade de vida, na cidadania. O adolescente como agente de mudanças.

Convidados: Roberto Trindade, professor do GEO Juan Samaranch (SME-RJ); Ives Rocha, assessor técnico no Centro de Promoção da Saúde (Cedaps),  Zoraide Gomes (Cris dos Prazeres), coordenadora do Projeto Reciclação do Morro dos Prazeres.

 

 

O novo homem

 

A importância de ampliar o conceito de masculinidade e formar os jovens como aliados na construção da equidade de gênero, na disseminação da cultura de paz, e no cuidado com sua saúde, seus filhos e suas/seus parceiros (as).

 

Convidados: Renan Oliveira, dinamizador  do projeto RAP da Saúde (SMS-RJ), Pedro Luís, cantor e compositor, e Marco Aurélio Martins, psicólogo do Instituto Promundo.

 

Gentileza no namoro

 

Aborda a prevenção da violência no namoro, discute os mitos que sustentam os relacionamentos abusivos e promove a reflexão sobre relacionamentos saudáveis, construtivos e gentis.

 

Convidados: Marcos Diniz, estudante de teatro; Eliane Gomes, assistente social e Queiti B. M. Oliveira, pesquisadora da Fiocruz.

 

Paternidade cuidadora

 

O impacto positivo da paternidade cuidadora nos filhos, na parceira, nos próprios homens. O papel dos serviços de saúde e da sociedade na formação dos homens para o exercício da paternidade cuidadora.

 

Convidados: Sancler Corrêa, enfermeiro da Clínica da Família Santa Marta/SMS-RJ; Marcelo Costa, enfermeiro da Maternidade Carmela Dutra/SMS-RJ e Milena do Carmo, socióloga do Instituto Promundo.

Compartilhe em suas Redes Sociais