O Hospital da Lagoa é um edifício projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, construído em 1952 e inaugurado em 1958. Localiza-se na Lagoa, no Rio de Janeiro. O Hospital da Lagoa é um edifício projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, construído em 1952 e inaugurado em 1958. Localiza-se na Lagoa, no Rio de Janeiro. O hospital de 10 pavimentos foi construído para a Sul América e o Banco Lar Brasileiro. Em 1962, no Governo do Presidente Jango, quando era Primeiro Ministro Hermes Lima e Ministro do Trabalho e Previdência Social Benjamin Eurico Cruz foi incorporado ao IAPB, que hoje está extinto tendo seu patrimônio sido integrado ao atual INSS e ao SUS. Passou a ser conhecido como Hospital dos Bancários. Participaram do projeto Helio Uchoa, o paisagista Roberto Burle Marx e o artista plástico Athos Bulcão, que confeccionou o mural de azulejos externo. Neste prédio Niemeyer faz uso do pilotis em V, uma de suas criações arquitetônicas, com o objetivo de ampliar o espaço livre entre os suportes estruturais e criando mais um elemento de surpresa. O pilar em V se tornou moda, sendo utilizado tanto na arquitetura brasileira e internacional.[1] Em solução similar ao prédio do MEC, a fachada leste é envidraçada garantindo a vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas, enquanto a fachada oeste possui cobogós e brises, para protegê-la da insolação. O edifício foi tombado em 1992 pelo INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural).

 

Fonte: «INEPAC – Guia de Bens Tombados – Consulta de Bem». Consultado em 17 de agosto de 2008. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2008

Compartilhe em suas Redes Sociais