O ensino na área médica – o médico desde sempre adotou o life long learning.

Alfredo Martinho – CEO Inlags Academy

Capa: Photo by Alex Kotliarskyi on Unsplash

A primeira Escola de Medicina no Brasil foi inaugurada com a chegada da Família Real, D. João VI, autorizou a fundação das duas primeiras escolas de medicina: a primeira, em Salvador, em 18 de fevereiro de 1808, e a segunda, no Rio de Janeiro, em 5 de novembro de 1808.

O número de Escolas de Medicina no Brasil, até 2002, isto é, após 194 anos, era de 126 e, em na atualidade são 342 quase triplicou em 18 anos!

Diante desse crescimento exagerado em tão curto tempo, cabem algumas perguntas:

  • Como está a infraestrutura dessas Escolas Médicas?
  • Quais os projetos acadêmicos atendem?
  • Qual é o tipo de corpo docente?
  • Que médicos sairão dessas escolas?

Convido a todos à reflexão de algumas questões:

  • A Questão da Qualidade dos profissionais em saúde – verificou-se recentemente que, avaliações / exames voluntários realizados em São Paulo, apresentou como resultado índices abaixo de 50% de aprovação em questões básicas e não complexas. Medicina, é um dos cursos com a maior carga horária (+- 9 mil horas aula) e com necessidades de aprendizado para desenvolver inúmeras competências, não só técnicas, colaborativas, éticas, dentre outras. Em contraste a essa baixa qualidade observada nos profissionais recém egressos dos cursos de graduação, há uma produção crescente de conhecimento, sabendo-se que, de toda produção científica mundial, segundo a web Science, 50% é oriunda das áreas da saúde e, agora, na atual pandemia, esse número deve ter aumentado consideravelmente.
  • Questões dos ambientes profissionais e da própria profissão. Vemos por um lado a hiper especialização e de outro, as multidisciplinaridades, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade, como necessárias nos dias de hoje.
  • Questões do desenvolvimento profissional – Intensidade das implicações, em diferentes esferas e níveis, com os participantes que são implicados no curso e todos que serão impactados por eles fora do curso.
  • Questão dos erros médicos – outro dado estarrecedor, demonstrando que o modelo assistencial na atualidade é muito comprometido com resultados e, os erros médicos, são considerados a terceira causa de mortes nos EUA. O erro faz parte, ele é bem-vindo, é preciso identifica-lo e mapeá-lo para poder evita-los de forma sistemática, e não somente criticá-lo ou pior, denegá-lo.
  • Questão da responsabilidade: habilidade de responder flexivelmente, firmemente e com conectividade.
  • Questão da necessidade de se lidar ativamente com auxilio das tecnologias da informação e da comunicação. Internet relacionando pessoas a pessoas, pessoas a objetos e objetos a objetos (IOT). Como lidar com a internet das coisas, como preparar os alunos e profissionais?

A questão síntese e chave, nessas mudanças é: como lidar construtivamente, reflexivamente e humanamente na formação do profissional médico?

O conceito de neuro plasticidade do sistema nervoso, mudou o paradigma de que após um período precoce do desenvolvimento, havia uma estática e, hoje em dia já se sabe que o intelecto e o aprendizado podem ser desenvolvidos e estimulados em qualquer fase da vida e por toda a vida –

O que você desenvolve, é amplificador e gerador vivo de mudanças no entorno, em outros seres humanos. O corolário dessa constatação é o que lastreia o conceito de lifelonglearnig – o aprendizado pela vida toda.

Finalmente, a avaliação do desenvolvimento do egresso da Escola Médica, para perceber as capacidades e as oportunidades de melhorias, sendo um exercício de aprendizado e aperfeiçoamento contínuo no ensino que a sociedade como um todo, não somente as sociedades profissionais devem cobrar das Escolas Médicas.

Muitas outras questões a serem colocadas em relação à mudança necessária tanto no conteúdo quanto nas metodologias adotadas no ensino tradicional que, ainda se encontra sobre a influência do Relatório Flexner que já faz 110 anos, em que houve uma separação do estudo da saúde pública e o estudo da medicina.

Novas metodologias de ensino e aprendizagem na área da saúde são urgentes de serem adotadas – ainda temos muitas resistências a essas mudanças pela frente mas, não há outra escolha.

Nós da Inlags Academy formamos um grupo coeso de profissionais oriundos da academia e com reconhecimento no mercado – que pensamos, refletimos, debatemos e transitamos na vida real – tanto nessas questões educacionais da formação do médico na atualidade colocadas acima, como outras questões fora da caixa da educação, transitando nos diversos saberes para proporcionar soluções adequadas e acessíveis a todos que nos procurarem.

A Inlags Academy oferece Cursos Livres, com certificados Inlags Academy e de Pós-graduação lato sensu, com certificados reconhecidos pelo MEC,  em saúde e bem-estar, além de oferecer também conteúdos selecionados a preços muito acessíveis, para todas as áreas da saúde, não só a médicos, mas também a farmacêuticos, nutrólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, profissionais de educação física, biomedicina, psicologia – ampliando o conceito para autocuidado (health literacy) e, por toda a vida (life long learning).

Estamos antenados, tanto em termos pedagógicos quanto em tecnologias de suporte, para oferecer aos nossos usuários, aprendizes e clientes a solução adequada para sua qualificação profissional, o autocuidado e a expansão de seus potenciais na plenitude do life long learning.

E vocês aí, que têm nos acompanhado, juntem-se a nós!

VOCES CONHECEM NOSSOS MAIS RECENTES CURSOS?

https://inlagsacademy.com.br/produto/idoso-no-hospital-cuidados-e-custos/

https://inlagsacademy.com.br/produto/fundamentos-de-saude-com-base-em-valor/

https://inlagsacademy.com.br/produto/diagnostico-dos-padroes-complexos-na-medicina-chinesa-e-sua-abordagem-acupuntura/

https://inlagsacademy.com.br/produto/cuidado-paliativo-na-pratica-clinica/

https://inlagsacademy.com.br/produto/da-anamnese-ao-tratamento-em-fisioterapia-experimentando-a-terapia-manual/

https://inlagsacademy.com.br/produto/inovacoes-para-tecnologia-em-saude/

https://inlagsacademy.com.br/produto/a-etica-e-a-bioetica-na-nossa-vida-2x-6219/

https://inlagsacademy.com.br/produto/acreditacao-de-operadoras-um-caminho-para-sustentabilidade/

https://inlagsacademy.com.br/produto/comunicacao-para-profissionais-da-saude/

https://inlagsacademy.com.br/produto/gestao-da-tecnologia-em-saude/

https://inlagsacademy.com.br/produto/construindo-a-atencao-primaria-do-seculo-xxi/

https://inlagsacademy.com.br/produto/impactos-da-tecnologia-em-saude/

https://inlagsacademy.com.br/produto/fundamentos-de-organizacao-hospitalar-1-2/

https://inlagsacademy.com.br/produto/fundamentos-de-organizacao-hospitalar-1/

https://inlagsacademy.com.br/produto/fundamentos-de-saude-e-administracao-hospitalar-no-brasil/

https://inlagsacademy.com.br/produto/inovacoes-para-tecnologia-em-saude/

https://inlagsacademy.com.br/produto/introducao-a-nutricao-i/

https://inlagsacademy.com.br/produto/introducao-aos-fundamentos-de-enfermagem-i/

https://inlagsacademy.com.br/produto/nutricao-diretrizes-e-responsabilidades/

https://inlagsacademy.com.br/produto/principios-de-tecnologia-em-saude/

https://inlagsacademy.com.br/produto/responsabilidades-do-administrador-hospitalar/

https://inlagsacademy.com.br/produto/gastronomia-brasileira/

https://inlagsacademy.com.br/produto/ciencia-na-gastronomia/

https://inlagsacademy.com.br/produto/habilidades-basicas-em-cozinha/

https://inlagsacademy.com.br/produto/hotelaria-hospitalidade-e-humanizacao/

https://inlagsacademy.com.br/produto/nutricao-diretrizes-e-responsabilidades/

https://inlagsacademy.com.br/produto/introducao-a-nutricao-i/

 

 

 

 

 

Compartilhe em suas Redes Sociais