Pacientes com câncer devem receber prescrição de exercícios como parte de uma nova abordagem

https://www.healthclubmanagement.co.uk/

Por Tom Walker   05 de maio de 2021

Capa: O programa é projetado para otimizar o tratamento do câncer e minimizar o tempo gasto no hospital / Shutterstock / Robert Kneschke

Uma nova abordagem pioneira visa ajudar os pacientes com câncer a se preparar e responder ao tratamento, oferecendo-lhes uma combinação de exercícios, nutrição e apoio psicológico.

Lançada pelo Centro de Pesquisa em Bem-Estar Avançado (AWRC) da Sheffield Hallam University – e financiada pela Yorkshire Cancer Research – a nova abordagem fornecerá suporte e orientação personalizados para cada indivíduo no programa.

Projetado para otimizar o tratamento do câncer, minimizar o tempo gasto no hospital e reduzir a probabilidade de complicações da cirurgia, o AWRC espera que o método melhore as taxas de recuperação e salve vidas, reduzindo a probabilidade de o câncer retornar após o tratamento.

Para começar, pacientes com câncer de pulmão, cólon, esôfago, estômago e intestino delgado farão parte de um piloto inicial antes que o programa seja ampliado para incluir pacientes com outras formas de câncer.

O piloto está previsto para começar no outono.

O professor Robert Copeland, diretor do Advanced Wellbeing Research Center, disse: “Queremos ajudar a melhorar a forma como apoiamos as pessoas com câncer na preparação e recuperação do tratamento.

“As evidências sugerem que um programa de exercícios, mudanças na dieta e suporte psicológico podem ajudar a reduzir os efeitos colaterais negativos, melhorar o tratamento e a qualidade de vida a longo prazo.

“Ser mais ativo fisicamente após um diagnóstico de câncer está associado a um risco menor de recorrência do câncer e a uma maior probabilidade de recuperação.

A atividade física geralmente não é prescrita para pacientes em tratamento de câncer e queremos que isso mude”.

A Dra. Kathryn Scott, CEO da Yorkshire Cancer Research, acrescentou: “Nos últimos anos, tornou-se muito claro que os exercícios desempenham um papel vital na melhoria das taxas de sobrevivência ao câncer e que os programas de atividade física devem ser prescritos para pessoas com câncer da mesma forma como outros tratamentos.

“Na Yorkshire Cancer Research, nosso objetivo é que mais 2.000 pessoas sobrevivam ao câncer a cada ano em Yorkshire.

“Junto com a equipe pioneira do AWRC de Sheffield, estamos dando um grande salto para a criação de um programa líder mundial que pode ser introduzido em Yorkshire e além, ajudando a salvar muitas vidas”.

Sheffield Hallam  Centro de pesquisa de bem-estar avançado  AWRC  Robert Copeland 

 

Compartilhe em suas Redes Sociais